sábado, 10 de abril de 2010

--

**

Sobre o amor.
(Por Felipe Pauluk)

"Só sei que o amor é o pecado não cometido no mundo novo.
Poucos são excomungados por tê-lo. Há no ar resquícios dele.
Num senso do invernar que a brisa nos traz pode-se haver o salivar deste amor.
Porém, é encontrável também nas praças ermas, aquelas que, raramente são cultivadas pelos franzinos casais púberes.
Tais casais foram violados pela beleza vigarista deste pecado, mas beatos ao mundo novo logo enjoarão do gosto edulcorado deste, e remeterão suas vidas ao difamar concreto de dúbias escolhas.
Só sei que o amor é o um pecado viúvo do homem novo."



**

--

Um comentário:

  1. uuuuooouuuu muito profundo e sinceramente verdade!!!

    ResponderExcluir